02/03/20 | 13:30
Para evitar riscos, área de incêndio no São Lázaro passa por nova vistoria da prefeitura

Para verificar se há riscos de desabamentos, a Prefeitura de Manaus realizou na manhã desta quinta-feira, 27/2, uma nova vistoria no local do incêndio ocorrido na rua São Lucas, bairro São Lázaro, zona Sul, no último domingo, 23, onde 12 casas foram atingidas. A avaliação foi realizada pela equipe de engenharia da Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil de Manaus.

 

Durante a vistoria, foi constatada a necessidade de realizar demolição em uma parede de uma das residências atingidas, que apresentava rachaduras de risco alto. Conforme a equipe técnica, a ação foi realizada para propiciar melhor segurança aos ocupantes da residência, que no momento estão abrigados em casas de parentes e vizinhos da região.

 

“Por determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, a Defesa Civil de Manaus esteve novamente realizando a vistoria após as 72 horas do incêndio no bairro São Lázaro, para analisar se havia algum risco de desabamento. Foi verificado que a parede de uma residência de dois andares apresentava trincas e rachaduras, na qual a Defesa Civil já realizou a demolição para evitar o desabamento sobre outra residência no local”, explicou o secretário executivo da pasta, Cláudio Belém.

 

Força-tarefa

A presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, esteve no local do incêndio na segunda-feira, 24/2, e iniciou imediatamente uma campanha de arrecadação de donativos para as famílias como roupas, sapatos, kits de higiene e água, além de entrega de cestas básicas, junto com a secretária da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Conceição Sampaio.

 

Nesta quinta-feira, dando continuidade ao trabalho da força-tarefa montada pela Prefeitura de Manaus, a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) também está apoiando os moradores na retirada dos entulhos.

 

Nota de participação divulgada em 27/02/2020 17h39

Texto – Janaina Karla / Defesa Civil

Foto – Divulgação / Defesa Civil