Nossa história

A SEMULSP

Criada pela Lei N° 761, de 04 de maio de 2004, e tendo a última alteração legislativa de sua estrutura definida pelo Decreto Nº 2.583, de 23 de outubro de 2013, a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana é responsável por formular e implementar a política de limpeza pública através de métodos de coleta convencional e seletiva nas áreas de atuação municipal e sua destinação final; manter jardins, logradouros e cemitérios, preservando a saúde coletiva e de meio ambiente.

Os serviços de Coleta, Transporte e Disposição Final dos Resíduos Sólidos de Manaus são realizados pela via da terceirização, enquanto os serviços de Limpeza Pública são realizados diretamente pela Secretaria e também por uma empresa contratada por licitação.

O planejamento, a regulação e a fiscalização dos referidos serviços são atividades de responsabilidade da Subsecretaria de Operações -SubOp, órgão vinculado a Semulsp.

As ações de Conscientização e Educação Ambiental na cidade são realizadas pela  Comissão Especial de Divulgação e Orientação da Política de Limpeza Pública (Cedolp).

 

 

SEMULSP – TRABALHANDO PARA DEIXAR MANAUS MAIS BELA

 

RELATÓRIO DE JANEIRO A NOVEMBRO DE 2018

 

A Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) é o órgão responsável pela gestão dos serviços de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública no Município de Manaus. Dentro desse universo, o ano de 2018 foi de consolidação dos serviços e intensificação dos trabalhos nas ruas, seguindo o forte ritmo de trabalho imposto pelo Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Foi um ano de mais presença nos bairros e mais articulação com as comunidades. Foi ainda um ano promissor para a coleta seletiva e conscientização da população, o que faz com que se projete um futuro melhor na relação da sociedade com o meio em que vive.

Em 2018, foram 496 mutirões de limpeza nos bairros da cidade, contabilizando 72 serviços a mais do que no passado, quanto a Semulsp atuou 424 vezes nesta modalidade.

A coleta seletiva também ganhou força neste ano, gerando 10.442 toneladas de materiais recicláveis. A taxa de recuperação de materiais recicláveis alcançou a índice de 2,0%, indicando um ciclo crescente, já que em 2017 esta taxa ficou em 1,8%. Isso significa que mais materiais estão deixando de ir para o Aterro e destinando-se aos catadores de resíduos sólidos de Manaus. A coleta seletiva especial no Centro da cidade também rendeu frutos. Saltou, em 2018 para 492.000 toneladas, superando o ano anterior, quando fechou em 32.900 toneladas.

A conversação direta com a população também alcançou resultados positivos e promissores. Este ano, a educação ambiental voltada para limpeza e preservação da cidade falou (porta a porta) com 397.844 habitantes, superando a média dos últimos anos, que girava em torno de 300 mil pessoas.

As comunidades ribeirinhas também foram mais visitadas pela Prefeitura de Manaus, através da Semulsp. Foram quatro mutirões que circularam no cinturão das 12 comunidades que fazem parte da Zona rural de Manaus, fixando a periodicidade de 3 em 3 meses. Fora isso, o trabalho do Gari Comunitário, que atua diariamente nessas localidades, ganhou mais suporte e estrutura da Semulsp para melhorar suas atividades.

O trabalho nos igarapés de Manaus também foi fortalecido pela Prefeitura de Manaus, sendo responsável pela retirada 8.258 toneladas de resíduos de dentro dos rios, em 1.118 ações de limpeza nos igarapés, córregos e orlas de Manaus.

O Aterro de Manaus continua a ser um exemplo nacional de boas práticas com relação ao tratamento de resíduos. Além da atividade de tratar o lixo, esse empreendimento também abriga usinas de compostagem e biogás, modalidade esta que se destaca a cada dia pelos serviços prestados ao mundo de preservação ambiental. A queima de gases de efeito estufa que acontece dentro do Aterro gerou, de julho de 2009 a junho de 2018, uma redução de 3.404.495 toneladas de emissões de biogás (metano CH4 e CO2) , sendo a média diária de 98 toneladas de biogás. É uma atividade certificada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e eleva Manaus ao cenário global de sustentabilidade.

Todas estas ações acompanham a evolução de uma cidade gerida de forma responsável e dedicada a melhorar a vida das pessoas. Dentro do âmbito da limpeza pública, o objetivo da Prefeitura Municipal de Manaus é aproximar o poder público dos bairros e resolver os problemas da cidade, alcançando, com isso, toda a sua população.