29/05/19 | 10:28
Lixeiras são transformadas em jardins pela Prefeitura de Manaus

Lixeiras viciadas são transformadas em jardins pela Prefeitura de Manaus. Desta vez, na rua Rio Sol, no bairro Colina do Aleixo, na zona Leste, onde quatro equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) estiveram no local para fazer o plantio e evitar que os moradores voltem a jogar lixo no local.

 

 

O trabalho vem se tornando um dos mais importantes da limpeza pública, no sentido de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, avalia o secretário Municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias. “Esse serviço mobiliza equipes de remoção, limpeza, conscientização e jardinagem. É uma operação grande e tem sido muito bem recebida pela população. Nosso apelo é para que, após a retirada da lixeira viciada, os moradores não voltem a acumular lixo nesses locais”, afirmou o secretário.

 

Este ano, de janeiro a março, 206 ações de combate a lixeiras viciadas foram realizadas pela Prefeitura de Manaus. Esses serviços resultaram em oito novos jardins comunitários, 25 placas instaladas e 171 ações de fiscalização e controle de reincidência. Além disso, foi realizada coleta especial em áreas específicas localizadas em três bairros: Tarumã (zona Oeste), Alvorada (zona Centro-Oeste) e Zumbi (zona Leste).

 

“O combate às lixeiras viciadas é algo sério e grande, que conta com a atenção especial do prefeito Arthur Virgílio Neto. Envolve quase todas as modalidades de limpeza da Semulsp e necessita muito do apoio da população para que dê resultados positivos”, disse Paulo Farias.

 

Para viabilizar os jardins, a Semulsp utiliza espécies de agave, pau-pretinho, croton taperebá, espada de são jorge, dracena, bananeira, cróton police, jasmim do Caribe, grama esmeralda, entre outras, todas cultivadas no viveiro próprio da Semulsp.

 

Divulgado em – 28/05/2019 13h01

Fotos – Divulgação / Semuslp