16/06/20 | 10:50
Crematório é opção viabilizada pela Prefeitura de Manaus
Foto: Divulgação

Crematório tem parceria com a Prefeitura de Manaus – Foto: Divulgação

 

A Prefeitura de Manaus já conta com um serviço de crematório há cerca de 50 dias. Durante este período de enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus, o serviço incrementa o atendimento da alta demanda de sepultamentos na cidade, diminui a pressão sobre o cemitério Nossa Senhora Aparecida (Estrada do Turismo, Zona Oeste), principal espaço para novos sepultamentos públicos e aumenta sua vida útil.

Iniciado no último dia 25 de abril, o serviço já somou 73 cremações, sendo 20 no mês de abril, 41 em maio e 12 em junho (até dia 15, segunda-feira). A atividade foi viabilizada via parceria entre a Prefeitura de Man

aus e a iniciativa privada e as cerimônias de cremação acontecem na cidade de Iranduba, localizada na outra margem do rio Negro, na Região Metropolitana de Manaus.

Para ter acesso ao crematório, as famílias, através do contato com funerárias ou SOS Funeral, procedem o encaminhamento do corpo para o cemitério Nossa Senhora Aparecida. Após autorizado o serviço do crematório, a família deverá ir ao posto de atendimento da empresa responsável, localizado no cemitério municipal, para fazer o agendamento. A urna ficará na câmara do Nossa Senhora Aparecida, até o momento do deslocamento para Iranduba.

Segundo Paulo Farias, titular da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), é um serviço novo, mas muito higiênico e largamente utilizado no mundo inteiro, há muitos anos. “É a primeira iniciativa deste tipo no Estado e percebemos que é um serviço que vem sendo bem aceito pela população. É uma alternativa que se abre no mercado local e possui todas as licenças, inclusive ambientais para se estabelecer no Amazonas”, afirmou.